© 2011\2017 Benfica Glorioso. (E PLURIBUS UNUM 1904)Benfica Glorioso

*SEJA BEM-VINDO*
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!!!
* E PLURIBUS UNUM *
Sou do Benfica Isso me envaidece Tenho a genica Que a qualquer engrandece Sou de um clube lutador Que na luta com fervor Nunca encontrou rival Neste nosso Portugal

Clique aqui Para Entrar No Site →
Benfica
««« Segue-se a deslocação a Vila do Conde, referente à 32.ª jornada da Liga NOS, agendada para o próximo domingo, dia 7 de maio. O Rio Ave – SL Benfica tem início às 20h15, no Estádio dos Arcos. «««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2015\2016

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO
1 2 3 4

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

"VAI SER ATÉ À ÚLTIMA GOTA DE SUOR" SL Benfica – Estoril, 2-1

O SL Benfica conquistou mais três pontos esta noite de sábado. Na flash interview, Rui Vitória enalteceu a forma como a equipa conseguiu reagir ao golo do Estoril e chegar, assim, à vitória (2-1) no desafio da 31.ª jornada.
“Foi um jogo difícil, frente a uma boa equipa, com jogadores de qualidade, que tem vindo fazer um bom Campeonato e que vinha de uma onda positiva”, começou por analisar.
Rui Vitória considerou que os encarnados foram melhores no primeiro tempo, no entanto, reconheceu que o início da segunda parte não aquilo que normalmente é a produção da equipa.
“A primeira parte foi quase toda nossa, fizemos um golo e podíamos ter feito mais. Após o intervalo, não fomos nós nesses 10/15 primeiros minutos, em que o Estoril acaba por fazer o golo. Acusámos o toque e fomos à procura de marcar, conseguindo através de belíssimo golo de Jonas”, argumentou.
O desafio com o Estoril Praia provou que todos os encontros vão ser extremamente complicados.
“Como temos vindo a dizer vai ser até à última jornada, até à última gota de suor. As equipas vão criar dificuldades, mas estamos preparados para elas”, defendeu.
Segue-se a deslocação a Vila do Conde, referente à 32.ª jornada da Liga NOS, agendada para o próximo domingo, dia 7 de maio. O Rio Ave – SL Benfica tem início às 20h15, no Estádio dos Arcos.
Ler Mais

"VAMOS DAR TUDO PARA ALCANÇAR O GRANDE OBJETIVO" SL Benfica – Estoril, 2-1

O Tricampeão segue isolado no topo da classificação da Liga NOS, após vitória, por 2-1, sobre o Estoril. Desafio complicado, com Jonas a bisar e a ser determinante na conquista de mais três preciosos pontos, a coroar a exibição do grupo.
No final do jogo referente à 31.ª jornada da prova, Cervi falou na flash interview e mostrou-se satisfeito, quer com o resultado, quer com a exibição.
“É sempre importante ganhar, estou muito contente pela vitória e pelo esforço e exibição do grupo. Sofremos um golo mas demos a volta e conseguimos o que queríamos que era vencer. Todos os jogos são difíceis, mas pensamos só em nós e vamos dar tudo para alcançar o grande objetivo”, disse à BTV.
Segue-se a deslocação a Vila do Conde, referente à 32.ª jornada da Liga NOS, agendada para o próximo domingo, dia 7 de maio. O Rio Ave – SL Benfica tem início às 20h15, no Estádio dos Arcos.

Ler Mais

TRICAMPEÃO VENCE ESTORIL COM 59 314 NAS BANCADAS DA LUZ E LIDERA ISOLADO A LIGA NOS. FALTAM TRÊS FINAIS… SL Benfica – Estoril, 2-1

Tricampeão vence Estoril com 59 314 nas bancadas da Luz e lidera isolado a Liga NOS. Faltam três finais… Sábado à Benfica, com o Complexo Desportivo da Luz a ser palco de pura Mística, com Modalidades e Futebol em ação! Sábado à Benfica… e a Família Benfiquista disse presente em apoio ao Clube do coração. Foram largos milhares... não faltou apoio e também não faltou alegria, com os resultados a serem muito positivos em todas as frentes. Mas vamos ao Futebol! Mais uma final para arquivar com sucesso para os comandados de Rui Vitória, com Jonas a regressar ao onze. O Tricampeão tinha apenas um objetivo em mente e cedo essa ambição foi colocada em campo, apesar das oportunidades surgirem mais tarde do que o habitual. Do outro lado, a equipa de Pedro Emanuel, bem organizada e com as linhas bem montadas, tentando adiar o que acabaria por surgir ao minuto 28… Antes, aos 16’, Salvio rematou a dar o mote, com o esférico a rasar o poste. Mas vamos então ao minuto 28’… o minuto do golo e da festa nas bancadas da Catedral. Excelente jogada de Nélson Semedo, o defesa entra na pequena área e sofre falta claríssima de Licá. Bem posicionado, Hugo Miguel aponta para a marca dos onze metros. Na conversão, Jonas, faz o que melhor sabe fazer, remata friamente sem hipóteses para Moreira. Kléber respondeu com perigo… mas a partir daqui, e até ao intervalo, só deu Benfica. Cervi, na cara do guardião estorilista, pega mal na bola e vê o esférico a sair por cima; Salvio, depois de assistido por Nélson Semedo, atira ao lado do poste… que desperdício! No reatar, e com um 1-0 no marcador, surgiu um Estoril transfigurado, sem nada a perder, perante um Benfica a ter dificuldades em suster o ímpeto atacante dos visitantes. Allano, Mano e Kléber testaram Ederson, aos 57’ e aos 58’ foram os ferros a evitar o empate, contudo, em cima da meia hora o 1-1 acabaria mesmo por surgir. Contra-ataque viperino (59’), com Ailton a isolar Kléber, com o brasileiro, na cara de Ederson a fazer o empate. O Tricampeão pareceu surpreendido, mas quando se quer muito e muito se trabalha… Jonas, aos 65’, com um remate portentoso de meia-distância recoloca o Tricampeão novamente na frente. O jogo abriu em definitivo, com as duas equipas à procura dos golos… Raúl esteve muito perto de dilatar, aos 77’, mas a redondinha acabou em cima da linha nas mãos de Moreira. Em cima dos 80’… que oportunidade! Cervi oferece a Grimaldo, o espanhol atira forte, mas bola acaba nas redes, mas do lado de fora, isto quando os 59 314 presentes nas bancadas da Luz já gritavam golo. Até ao final, o resultado não se alterou! Jogo difícil, missão cumprida! Com este resultado, o Tricampeão soma 75 pontos e mantém a liderança isolada da Liga NOS. Faltam três finais. O SL Benfica alinhou de início com Ederson, Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Grimaldo, Fejsa, Pizzi, Salvio (Carrillo, 63’), Cervi, Jonas (Filipe Augusto, 76’) e Mitroglou (Raúl, 70’). Segue-se a deslocação a Vila do Conde, referente à 32.ª jornada da Liga NOS, agendada para o próximo domingo, dia 7 de maio. O Rio Ave – SL Benfica tem início às 20h15, no Estádio dos Arcos. SA Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica
Ler Mais

SL BENFICA – ESTORIL: ONZE OFICIAL

O SL Benfica defronta o Estoril esta tarde de sábado a partir das 18h15.
Rui Vitória já divulgou qual a equipa que vai iniciar o jogo referente à jornada 31 da Liga NOS.
Ederson, Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Grimaldo, Fejsa, Pizzi, Salvio, Cervi, Jonas e Mitroglou são os eleitos.

Ler Mais

RUI VITÓRIA CHAMA 20 JOGADORES SL Benfica-Estoril

Rui Vitória já divulgou a lista de convocados para a partida da 31.ª jornada da Liga NOS.
O Benfica-Estoril tem início às 18h15 de sábado, no Estádio da Luz.
Lista de convocados:
Guarda-redes – Ederson e Júlio César;
Defesas – Luisão, André Almeida, Nélson Semedo, Lindelöf, Grimaldo e Eliseu;
Médios – Filipe Augusto, Carrillo, Samaris, Fejsa, Salvio, Zivkovic, Pizzi e F. Cervi;
Avançados – Jonas, Raúl Jiménez, Mitroglou e Rafa.

Ler Mais

“ESTAMOS MUITO UNIDOS E LIGADOS” Rui Vitória anteviu Estoril

Rui Vitória perspetivou o desafio com o Estoril Praia, a contar para a 31.ª jornada da Liga NOS. Elogiou o trabalho de Pedro Emanuel ao leme dos canarinhos, mas apontou ao triunfo.
“Vamos encontrar uma equipa que tem melhorado os resultados e na qualidade. Tem jogadores jovens e com qualidade. Vai ser uma equipa difícil, que quer somar pontos. Nós vamos ser uma equipa que sabe o que está a viver, que sabe o seu valor, que vai jogar num Estádio cheio, que tem uma ambição e determinação enormes. Vamos com convicção e vontade de vencer”, começou por afirmar.
O ataque do Estoril tem sido muito forte desde Pedro Emanuel chegou à Amoreira, mas o técnico não se mostrou preocupado. “Nunca mudo em função do adversário, mas temos atenções especiais para cada oponente. Sei que no lado do Estoril já jogadores como o Kléber, que tem marcado muitos golos, mas o Estoril também tem de se preocupar connosco”, referiu.
O Benfica lidera a classificação da Liga NOS, mas mantém o pensamento jogo a jogo. O foco está no Estoril e só depois estará direcionado para as equipas que faltam. “Estamos na frente, mas faltam quatro finais e o Estoril é a próxima. Fizemos toda a semana com o foco total no próximo adversário. Estamos preparados para o que vamos encontrar nos jogos que faltam, mas não nos desviamos do foco”, esclareceu.
Instado a revelar se tem o plantel a 100 por cento, Rui Vitória não escondeu o jogo: “A equipa ainda não está a 100 por cento, porque o Jardel ainda não nos pode ajudar.”
O FC Porto tem desperdiçado as possibilidades de passar para a frente da classificação, mas o treinador Benfiquista desvalorizou e preferiu elevar o trajeto da equipa que lidera. “O FC Porto poderia ultrapassar o Benfica na jornada em que jogámos com o P. Ferreira e no clássico aqui na Luz. Estamos na frente há muito tempo e estamos muito unidos e ligados para ganhar as finais que faltam”, assegurou.
Virgolino, pai de Jorge Jesus, faleceu esta sexta-feira e Rui Vitória endereçou os sentidos pêsames: “Dou as condolências ao treinador do Sporting, porque eu já vivi momentos como este e são os mais tristes que uma pessoa pode viver.”
O Benfica-Estoril está marcado para as 18h15 de sábado, no Estádio da Luz.
Ler Mais

BOLETIM CLÍNICO Para o jogo com o Estoril

O Sport Lisboa e Benfica revelou o boletim clínico da sua equipa de futebol:
Jardel - Entorse da tibiotársica
Ler Mais

“FAZEMOS MUITO, FALAMOS POUCO”

Luís Filipe Vieira esteve na inauguração das novas instalações da Casa do Benfica em Grândola e falou aos presentes. Leia a intervenção do presidente na íntegra:
“Aqui está o Benfica no seu melhor. A viver um dos melhores momentos da sua história, forte, unido e coeso. A ver crescer o seu número de adeptos e simpatizantes, e as suas casas. Todos os dias a sentir que o nosso trabalho dá resultados, tem rumo e estratégia com humildade e ambição.      
E, hoje, aqui estamos em Grândola em festa. Nesta terra que embalou a revolução de abril, que nos recorda uma importante lição – é que para reconquistar a democracia foi preciso lutar, tal como para ter os resultados que queremos é preciso sempre lutar com trabalho e contra muitas adversidades.
Fica dado o tom sobre o nosso estado de espírito. Nesta fase final da época quem não gostaria de estar no nosso lugar em que só dependemos de nós. Depois de Tricampeões, estamos com humildade a lutar por um objetivo que na nossa história nunca atingimos: a conquista do histórico Tetra.
Mas nada, mas mesmo nada, ainda está ganho. Nesta casa, todos sem exceção, sabem as enormes dificuldades que nos espera nestas quatro finais que nos faltam, com adversários de enorme valor, pelo que deixo aqui um apelo a todos os Benfiquistas, para de Grândola partir uma verdadeira Onda Vermelha que nos ajude nesta reta final.    
E quero deixar uma palavra de forte motivação e confiança ao nosso grupo de trabalho, a toda a equipa técnica e a todos os nossos jogadores pela forma empenhada e entusiástica com quem têm disputado todos os jogos. Só assim foi possível voltar a sentir a famosa Mística Benfiquista, segredo de tantas vitórias na nossa história.
Também esta semana vimos os nossos jovens a chegar à segunda final das quatro edições das Champions dos jovens. É ali que está a nossa nova escola de talentos, num trabalho que nos enche de orgulho. O Caixa Futebol Campus é hoje reconhecido como uma das melhores e mais avançadas escolas de Formação do mundo.
No Benfica fazemos muito e prometemos pouco. Ganhamos muito e falamos pouco. E o nosso foco está sempre centrado no nosso trabalho, naquilo que temos de fazer, nunca ficando à espera do que os outros possam fazer por nós.
Por isso já estamos a trabalhar com um horizonte de várias épocas. O tempo tem dado razão à nossa postura construtiva, equilibrada e de elevado profissionalismo, que se estende a vários setores, desde a SAD à Direção, das áreas técnicas das diferentes modalidades, gestão dos recursos humanos, do marketing, da comunicação ao comercial - são vários os prémios de reconhecimento ao nosso trabalho e à valorização da nossa marca que temos recebido, tanto em Portugal como lá fora.
Hoje somos o Clube português líder em vários rankings e somos, talvez, a marca de maior prestígio nacional em termos internacionais. Uma liderança que nos leva a ter mais responsabilidades.     
Temos vindo a preparar um novo salto qualitativo para o nosso Clube, através da construção de uma nova geração de infraestruturas com especial destaque para o alargamento do Caixa Futebol Campus e a criação do novo centro de alto rendimento.
Mas caras e caros Benfiquistas,
Rigor, exigência, padrões de qualidade… é isso, mais do que nunca, que precisamos no desporto em Portugal e no futebol em particular. Do Benfica terão sempre uma atitude construtiva, mas existem questões a que temos vindo a assistir que merecem ser clarificadas.
Face ao que temos assistido, e não vale a pena recordar, foi sem surpresa que soubemos que existe quem proponha a despenalização de declarações como uma das formas para a melhoria do ambiente que se vive no futebol português. É preciso uma enorme dose de falta de bom senso e igual medida de demagogia.
Pelo contrário, consideramos que chegou a hora dos órgãos que dirigem o futebol português assumirem de forma clara a necessidade de se adotarem regras mais rigorosas e transparentes que protejam a indústria do futebol. Queremos, e precisamos, de uma disciplina desportiva em que as suas decisões sejam respeitadas e não impunemente desafiadas, que estabeleçam uma justiça célere com regras duras e punitivas - que a todos obriguem a necessária reserva - em defesa de todos os agentes desportivos.
Só assim conseguiremos prestigiar o futebol português e evitar que se crie um clima diário crispado e de permanentes casos que só visam desviar as atenções de sucessivos falhanços e objetivos não atingidos.
E importa ser muito claro que não basta meras declarações de circunstância e propostas de cimeiras de alcance duvidoso, quando diariamente se mostram incapazes de posições firmes e claras perante quem todos os dias viola as regras.
Temos assistido de tudo um pouco, desde de quem sonhava com um regresso ao passado de triste memória, a alianças que hipotecam as suas próprias ambições desportivas, tudo servindo, afinal, para se evitar enfrentar de frente os motivos porque se falham objetivos constantemente. Não percebendo que estão a prejudicar o que mais deviam proteger e valorizar - que é este desporto único e fantástico.
O futebol, e ainda mais o futebol português, que é um motivo de orgulho pelos resultados e reconhecimento internacional que granjeou, o que torna mais imperdoável todo este clima de crispação e de permanentes declarações diárias a instigar a divisão e o insulto a outros clubes.            
Falei uma única vez no último ano sobre as provocações quase diárias porque não podíamos calar mais a indignação. E não deixa de ser surpreendente que os apelos à serenidade do presidente da Liga só tenham ocorrido agora. Esteve demasiado tempo em silêncio, como que pactuando com o crescente clima de intimidação e crispação que alguns quiseram trazer para o futebol português, perdendo oportunidade e autoridade ao apenas falar agora.        
Mais do que nunca, o que peço a todos os Benfiquistas é que só falem do Benfica, falem do que verdadeiramente interessa, da luta pelo Tetra, pela Taça, dos golos que se marcam e do respeito pelos nossos adversários. Mas, verdadeiramente, é dentro do campo que damos a nossa melhor resposta, e por isso, para o futuro vamos deixá-los a falar sozinhos. E fiquemos com o exemplo dos profissionais pela forma digna como disputaram o último dérbi e pelo convívio exemplar a que pudemos assistir entre eles esta semana.
Falemos do que mais interessa: a chave do sucesso é o trabalho, o rigor e o profissionalismo. O mesmo que nos leva hoje a inaugurar mais uma Casa do Benfica, ao serviço dos Sócios e dos adeptos. Casas do Benfica que têm conhecido uma expansão nacional e internacional e um crescimento de oferta de serviços e inovação que a todos nos enche de orgulho e motivação.  
Hoje como no início, a nossa atitude é a mesma. Somos um grande Clube, maior que os seus dirigentes, somos o maior de Portugal e uma referência global. Somos um referencial de credibilidade, de moderação e uma inspiração para muitos adultos e crianças em Portugal e no mundo.
Caros Benfiquistas,
Um por todos e todos por um entramos nesta reta final do campeonato com os pés bem assentes no chão. Queremos conquistar o Tetra com a humildade de sempre, com a atitude e a garra de sempre, e com um comportamento de todos os Benfiquistas à altura da história e das conquistas do Clube.
Não faltarão provações e desesperos, é preciso manter o rumo, colher os frutos do trabalho realizado, dar pouca conversa a quem pouco importa e continuar a preparar a próxima época e o futuro. Com determinação e credibilidade habituámo-nos a ir à frente, a ver mais longe e a inovar.
Habituem-se! Este é o Benfica que queremos.
Vocês merecem tudo!
Viva o Benfica!”
Ler Mais

“CONTAMOS COM UM SÁBADO À BENFICA, COM OS NOSSOS ADEPTOS”

A formação liderada por Pedro Nunes continua a perseguição ao líder, a UD Oliveirense, que se mantém de pedra e cal no topo da tabela classificativa do Campeonato Nacional de hóquei em patins masculino mas apenas com mais um ponto do que os encarnados (54 contra 53). Uma meta perfeitamente alcançável, mas para isso é importantíssimo - quase obrigatório - não perder pontos.
“O Candelária é uma equipa que milita na 1.ª divisão há muitos anos, mas a realidade atual desta equipa não é a mesma de há umas temporadas. Procura a manutenção e no sábado trata-se de mais uma final para o objetivo deles e para o nosso, que é ser Campeão Nacional. Não se afigura um jogo fácil, mas contamos com um sábado à Benfica, com os nossos adeptos”, começou por dizer o hoquista João Rodrigues, em declarações à BTV.
Quando faltam apenas sete jornadas para o jogo do título, o SL Benfica recebe o Candelária Sport Clube, 13.º e penúltimo classificado, com um único objetivo em mente: conquistar os três pontos, rumo à revalidação do título nacional pela segunda vez consecutiva.
Para continuar na corrida pelo inédito tricampeonato, espera-se um desfecho igual ao da primeira volta, quando a formação liderada por Pedro Nunes venceu, nos Açores, por 1-7. Agora, o adversário açoriano, com 14 pontos, luta para sair dos lugares de despromoção.
E, se por um lado, os encarnados chegam de uma moralizadora goleada em casa do Valença HC, o Candelária SC, por outro, sofreu uma derrota, em casa, diante do primeiro classificado (2-5).
“O Candelária assenta o seu jogo no processo defensivo, defende bem, tem um guarda-redes que conhecemos bem. Os jogadores são experientes. O plantel é curto e isso poden sentir-se com o desenrolar do jogo. Se o Benfica mantiver a intensidade até ao fim pode ganhar o encontro”, analisou.
O desafio está agendado para as 20h30 deste sábado, 29 de abril, no Pavilhão Fidelidade. Os adeptos estão todos convocados para mais uma “final”, onde é fundamental conquistar três de 18 pontos que há ainda por disputar!
“Ter o Pavilhão cheio é ótimo para os atletas e para os adeptos também é. Podem passar um dia à Benfica, sempre ocupados a ver jogos de várias equipas do Clube”, deixou o apelo aos adeptos.
Ler Mais

SÁBADO À BENFICA Modalidades e futebol em ação

O sábado, dia 29, é “à Benfica”! Tarde e noite preenchidas de jogos, com muito Benfiquismo e Mística a transpirar no Complexo Desportivo do Estádio da Luz. Das modalidades ao futebol, há muito Benfica para apoiar.
A primeira a entrar em ação é a de voleibol. A partir das 14h00, no Pavilhão n.º 2, só a vitória interessa de forma a empatar o play-off da final do Campeonato Nacional.
Pelas 16h00, no Pavilhão Fidelidade, o basquetebol mede forças com o Illiabum, em jogo da 10.ª jornada da 2.ª fase da LPB, e os Juniores recebem a Académica, no Caixa Futebol Campus. Fora de portas, o andebol mede forças com o Madeira SAD. Às 17h00, no Funchal.
Dos Pavilhões para o Estádio é um pulo. Às 18h15, atenções centradas na 31.ª jornada da Liga NOS e no desafio entre o Sport Lisboa e Benfica e o Estoril. Espera-se mais uma casa cheia rumo à conquista do inédito Tetra.
Já que está no Estádio da Luz não se vá embora. Quando o relógio marcar as 20h30 há jogo de hóquei em patins com o Candelária, no Pavilhão Fidelidade. Todos são poucos para empurrar os comandados por Pedro Nunes rumo à reconquista do título.
O domingo começa cedo. Pelas 11h00, no Campo da Pedrulha, os Juvenis A do Benfica e da Académica medem forças na jornada três da 3.ª fase de apuramento de campeão.
Pela tarde, às 17h00, no Pavilhão n.º 2 da Luz, novo confronto entre o SC Espinho e o Benfica a contar para o play-off da final do Campeonato Nacional de voleibol.
À noitinha, também na Luz, joga o Futsal frente ao Modicus. Este desafio tem início às 20h45.
Não se esqueça de… Apoiar #SejaOndeFor.
Ler Mais

“FALTAM QUATRO FINAIS E VÃO SER DIFÍCEIS” Num evento realizado no Estádio da Luz |

Foi no lançamento da edição limitada do relógio da Hublot que Victor Lindelöf fez a antevisão ao jogo de sábado, com o Estoril. O defesa sueco não deixou margem para dúvidas: a formação liderada por Rui Vitória está focada em conquistar mais três pontos.
“Faltam quatros jogos e vão ser difíceis, mas o nosso objetivo é vencermos o Campeonato”, começou por dizer à margem do evento realizado, esta quinta-feira, no Estádio da Luz.
“Aqui no Benfica, queremos sempre ganhar títulos. Vai ser um jogo complicado frente ao Estoril mas queremos ganhar”, garantiu.
No dérbi de Alvalade, Lindelöf fez o empate para o SL Benfica (1-1) num livre direto irrepreensível. 
"Já treino livres há algum tempo, mas nunca tinha batido um a este nível. Fiquei muito feliz por marcar aquele golo, por ter ajudado a equipa a ganhar um ponto. É sempre bom marcar num jogo grande”, concluiu.
A receção ao Estoril está agendada para este sábado, a partir das 18h15.
Ler Mais

“FELIZ NO BENFICA” Pedro Pablo Pichardo é reforço

O Sport Lisboa e Benfica anunciou, esta quarta-feira, na sala de imprensa do Estádio da Luz, o atleta Pedro Pablo Pichardo. Aos 23 anos, o cubano é considerado um dos melhores praticantes do Triplo Salto na atualidade.
Destacou-se nesta especialidade desde os escalões jovens, tendo sido campeão mundial júnior, em Barcelona 2012. Considerado como um fenómeno em Santiago de Cuba, sua terra natal, teve uma rápida ascensão e conquistou a medalha de prata no mundial em Moscovo no ano seguinte. Agora no Benfica quer regressar aos tempos áureos que o acompanharam até ao ano de 2015.
“Estou muito contente por vestir a camisola do Sport Lisboa e Benfica. Quero representar o Clube da melhor forma possível em todas as competições em que esteja inserido”, começou por dizer ao Site Oficial do SL Benfica.
Falhou os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 por lesão, onde era apontado como o principal rival do norte-americano Christian Taylor, que acabou por vencer o ouro. Na apresentação garantiu que essa fase está ultrapassada. “Sinto-me física e mentalmente bem. Estou feliz por estar no Benfica, quero fazer um bom trabalho no Clube, e isso passa também por voltar a saltar mais do que 18 metros. Acredito que conseguirei voltar a fazê-lo”, vincou, recordando os 18,08 metros que funciona como a sua melhor marca de sempre ao Ar Livre e a 4.ª melhor de sempre no Triplo Salto.
Nos primeiros tempos de Clube, o saltador mostrou-se fascinado pela grandeza da Instituição. “Tudo está a ser magnífico. Estou muito contente por este momento. Não vou dizer uma data concreta em que vou voltar a saltar 18 metros, mas esse é um dos vários objetivos que tenho e garanto que vou trabalhar para alcançá-lo”, advertiu.
Em 2014, Pedro Pablo Pichardo fez a maior marca do ano ao saltar 17,79 metros e foi bronze no Mundial de Pista Coberta em Sopot. Em 2015 firmou-se de vez entre os maiores atletas desta categoria: foi ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto (17,54 metros) e prata no Mundial de Pequim (17,73 metros). Este foi mesmo um ano marcante na carreira do atleta que conseguiu o seu maior feito a nível de distâncias, no dia 28 de maio, quando se tornou um dos raros atletas que já saltaram para lá de 18 metros.
“O melhor do mundo no Triplo Salto”
Para Fernando Tavares, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica, não há dúvidas: Pedro Pichardo é o melhor na sua especialidade.
“O Benfica acaba de contratar Pedro Pichardo, um dos melhores atletas do mundo e, para nós, é o melhor em Triplo Salto”, frisou, não deixando de aclarar uma possível dúvida que pudesse surgir no rumo tomado pela secção: “Esta contratação não representa um desvio do rumo em relação à aposta na formação. O Clube até renovou com Tiago Pereira por quatro anos, até ao próximo ciclo Olímpico. O Pedro Pichardo vem para acrescentar e é uma aposta séria na pista e no masculino. Trataremos, em devido tempo, do feminino.”
Fernando Tavares aproveitou, ainda, para revelar uma decisão tomada pelo atleta e sua família. “O Pedro Pichardo escolheu Portugal para viver e o Sport Lisboa e Benfica para treinar e competir. Os Benfiquistas devem sentir orgulho nesta escolha. Estão reunidas todas as condições para que o Pedro Pichardo possa, em Portugal, relançar a carreira. Esta contratação é um mérito de vários anos de um projeto liderado por Luís Filipe Vieira, Ana Oliveira e Domingos Almeida Lima. O verão fez-nos refletir nas apostas a fazer daqui para a frente. Vamos ser criteriosos”, rematou.
Ana Oliveira ambiciosa
A diretora do atletismo do Clube mostrou-se visivelmente feliz com a chegada de um atleta com o gabarito do saltador cubano e agradeceu pelo voto de confiança.
 “Quero agradecer à direção do Benfica pelo voto de confiança. O Pedro Pichardo acrescenta excelência. Somos vice-campeões da Europa e queremos continuar a ter sucesso no futuro. Somos ambiciosos”, sublinhou ao Site Oficial do SL Benfica.
Ana Oliveira revelou, igualmente, que Pedro Pichardo deve ter a sua estreia de águia ao peito no “SL Benfica Athletics Meeting”. “Contamos com ele para a Taça dos Clubes Campeões Europeus para lograr os oito pontos no Triplo Salto, mas há 20 especialidades na competição e só a vitória nessa especialidade de nada serve”, disse Ana Oliveira sobre a participação do Clube na Taça dos Clubes Campeões Europeus de Atletismo.
Ler Mais

RELÓGIO HUBLOT PARA O SL BENFICA

O Sport Lisboa e Benfica informa que, esta quinta-feira, pelas 17h00, decorrerá no Camarote Presidencial do Estádio da Luz o lançamento de uma nova edição limitada de um relógio criado pela Hublot para o Benfica.
No evento estarão presentes o presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, o CEO da Hublot, Ricardo Guadalupe, e alguns jogadores da equipa principal de futebol.
Ler Mais

SL BENFICA NA EMIRATES CUP Pré-época 2017/18

A equipa de futebol do Sport Lisboa e Benfica é uma das equipas convidadas a participar nesta edição da Emirates Cup, competição de pré-época organizada pelo Arsenal e que decorre, nos dias 29 e 30 de julho, no Emirates Stadium, em Londres.
O Benfica, que regressa a esta prova, junta-se aos espanhóis do Sevilha, aos alemães do Red Bull Leipzig e, como não poderia deixar de ser, ao Arsenal.
Vista como uma das competições de maior prestígio que marca os inícios de época, já passaram pela Emirates Cup grandes emblemas como Real Madrid, Olympique Lyon, Inter de Milão ou Valência.
Os adeptos que assistirem à Emirantes Cup têm a possibilidade de assistir a dois jogos em cada dia, sempre nos mesmos horários: 14h00 e 16h20. Toda a informação sobre o acesso a bilhetes para a Emirates Cup pode ser consultada em www.arsenal.com
Os clubes participantes ganham três pontos por cada triunfo e um ponto por cada empate, mas o futebol ofensivo é premiado com as equipas a ganharam um ponto por cada golo apontado. Caso seja necessário na decisão do vencedor do torneio, os remates à baliza poderão ser contabilizados.
Ivan Gazidis, diretor executivo do Arsenal, disse: “Estamos satisfeitos por organizar, uma vez mais, a Emirates Cup este verão. Todos os anos acontece, e a Emirates Cup tem sido muito bem-sucedida e proporcionado um fim de semana agradável de futebol.” Ivan Gazidis considerou, ainda, que o “Benfica, Sevilha e Red Bull Leipzig são três grandes equipas, com bons jogadores, e nós não só esperamos produzir um futebol excitante, como pretendemos preparar bem a época que se avizinha”.
Boutros Boutros, vice-presidente da Emirantes para a Comunicação Corporativa, Marketing e Marca, acrescentou: A Emirates Cup continua a ser uma parte chave para a nossa longa parceria com o Arsenal. Estamos ansiosos pela chegada da competição no mês de julho, algo que também é ótimo para a equipa do Arsenal preparar o início da temporada, e, igualmente, para os adeptos aproveitarem dois dias com futebol de alta-qualidade, no Emirates Stadium.”
Calendário da Emirates Cup 2017
Sábado, 29 de julho
Red Bull Leipzig-Sevilha, 14h00
Arsenal-SL Benfica, 16h20
Domingo, 30 de julho
Red Bull Leipzig-SL Benfica, 14h00
Arsenal-Sevilha, 16h20
Ler Mais

FIM DE SEMANA “À BENFICA” NOS PAVILHÕES! Sábado e domingo

 Sábado e domingo são dias de emoções fortes nos Pavilhões da Luz com as Modalidades do Clube, na altura de todas as decisões, em ação. Venha daí!
Sábado, dia 29 de abril
Voleibol
Dia 29 de abril, às 14h00 / Pavilhão n.º 2/ Campeonato Nacional, Final – Jogo 2, Benfica vs SC Espinho / Vamos abrir as Portas às 13h00
Basquetebol
Dia 29 de abril, às 16h00 / Pavilhão Fidelidade/ Liga Portuguesa de Basquetebol, SL Benfica vs Illiabum / Vamos abrir as Portas às 15h00
Hóquei em Patins
Dia 29 de abril, às 20h30 / Pavilhão Fidelidade/ Campeonato Nacional 1.ªDivisão, SL Benfica vs Candelária / Vamos abrir as Portas às 19h30
Dia 30 de abril
Voleibol
Dia 30 de abril, às 17h00 / Pavilhão n.º 2/ Campeonato Nacional, Final Jogo 3, Benfica vs SC Espinho / Vamos abrir as Portas às 16h00
Futsal
Dia 30 de abril, às 20h30 / Pavilhão Fidelidade/ Campeonato Nacional 1.ªDivisão, SL Benfica vs Módicus / Vamos abrir as Portas às 19h30 (Porta 1)
Horários de Abertura de Bilheteira:
- Quinta-feira, dia 27 de abril, a partir das 9h00, nos horários habituais da Megastore.
Nota: Venda exclusiva a Sócios Quota Modalidades para os jogos Voleibol;
- Sexta-feira, dia 28 de abril, a partir das 9h00, nos horários habituais da Megastore.
Nota: Venda exclusiva a Sócios para os jogos Voleibol;
- Sábado, dia 29 de abril, a partir das 9h00, na Bilheteira das Modalidades e Praça Centenário;
- Domingo, dia 30 de abril, a partir das 9h00 na Bilheteira das Modalidades.
Tabela de preços Basquetebol, Futsal e Hóquei em Patins:
Sócio de Quota Modalidades: Grátis
Sócio: 2 €
Sócio Criança: Grátis
Sócio Menor: 1 €
Público: 5 €
Público Criança: 2 €
Tabela de preços Voleibol para cada um dos jogos:
Sócio de Quota Modalidades: 1 €
Sócio: 2 €
Sócio Criança: Grátis
Sócio Menor: 1 €
Público: 5 €
Público Criança: 2 €

Ler Mais

FOCO NA RECEÇÃO AO ESTORIL Jogo é sábado, às 18h15

É já no próximo sábado, dia 29 de abril, que o SL Benfica disputa a 31.ª jornada da Liga NOS. O adversário é o Estoril Praia, numa partida agendada para as 18h15, no Estádio da Luz.
Com o foco total nesse desafio, Rui Vitória marcou uma sessão de treino para as 10h00 desta terça-feira. A mesma acontece no Caixa Futebol Campus, Seixal, à porta fechada.
Ler Mais

FINAL INGRATA PARA AS JOVENS ÁGUIAS… SL Benfica – RB Salzburgo, 1-2

Esteve tão perto o Benfica de escrever História esta segunda-feira em Nyon – Suíça! Na segunda presença na final da Final Four da prestigiante competição, em quatro possíveis, o Benfica esteve na frente do marcador – golo de José Gomes - contudo, em apenas cinco minutos, já na segunda parte, o Salzburgo deu a volta ao marcador e venceu a competição.
Tal como em 2014, os encarnados foram também finalistas, tendo na altura perdido frente ao Barcelona.
Mas vamos ao jogo…
Depois da vitória, por 4-2, na sexta-feira, frente ao Real Madrid, nas meias-finais, esta segunda-feira a equipa comandada por João Tralhão rubricou novamente uma belíssima exibição, perante umas bancadas vestidas de vermelho rubro e muitas personalidades do mundo do Futebol, com Luís Filipe Vieira e Rui Vitória a marcarem presença, entre outros. Mas esta foi uma final ingrata…
Do outro lado, o RB Salzburgo - venceu o Barcelona por 2-1, nas meias-finais – a entrar bem no desafio, mas as águias responderam de imediato.
Aos 13’, primeira oportunidade de golo. Bom trabalho de João Filipe, a cruzar para área, com João Félix a rematar e a bola a sofrer um desvio para canto. Aos 24’, o mesmo João Félix remata forte, mas o esférico saiu por cima da trave.
O Benfica mandava no jogo, perante uma pressionante equipa austríaca, e aos 27’ gritou-se golo… Diogo Gonçalves esteve muito perto, mas a barra devolveu a redondinha…
Adivinhava-se o golo e não foi preciso esperar muito! Minuto 28, livre cobrado por João Filipe e José Gomes, de cabeça, desvia com muita classe para colocar o Benfica em vantagem. Estava feito o 1-0, resultado com que se atingiu o intervalo.
Cinco minutos fatais!
Na segunda parte, partida muito disputada, com o Salzburgo a dar o tudo por tudo em campo, perante um Benfica coeso e solidário a aguentar as investidas. E aguentou... até aos 70 minutos!
A 20 minutos do final: 1-1. Patson, acabado de entrar, responde da melhor maneira a um canto, sobe mais alto, e cabeceia para a igualdade.
Tudo em aberto e emoção ao rubro em Nyon. As duas equipas lutavam pelo golo e, aos 75’, a remontada, com Schmidt a fazer o 1-2.
O Benfica reagiu bem e partiu com tudo para inverter a marcha do marcador. Até ao apito final foram várias as oportunidades, mas redondinha não quis entrar.
A primeira edição da competição foi ganha pelo Barcelona, numa final frente ao Benfica; as últimas duas foram conquistadas pelo Chelsea… e esta segunda-feira o Salzburgo inscreveu o seu nome no restrito lote de clubes Campeões Europeus em Sub-19, após bater na final o Benfica, por 1-2.
O SL Benfica alinhou de início com o seguinte onze: Fábio Duarte, Aurélio Buta, Rúben Dias, Branimir Kalaica, Ricardo Araújo (Mesaque Dju, 86’), Florentino Luís, Gedson Fernandes, João Filipe (Vinicius, 81’) Diogo Gonçalves, João Félix (David Tavares, 72’) e José Gomes.
Declarações no final da partida
“Não estamos satisfeitos, pois queríamos muito ganhar! Mas quero realçar que estamos muito orgulhosos do que fizemos e esta final vai servir de aprendizagem para as finais futuras. O Clube está connosco e isso é uma confiança extra. Fizemos uma primeira parte boa, na segunda parte sofremos um golo de canto que nos desestabilizou e acabámos por sofrer o segundo. Fomos para cima, demos tudo, mas a bola não entrou. Ganhou a equipa que marcou mais golos. Fizemos uma grande partida, uma grade caminhada até aqui e estamos orgulhosos”, Rúben Dias, capitão da equipa
“Primeiro que tudo quero agradecer o apoio dos benfiquistas que nos apoiaram de princípio a fim, acreditaram sempre e foram fantástico. Depois, sim, dizer que sinto um grande orgulho por estes jovens, que fizeram um percurso inacreditável e fantástico, numa competição dura e muito difícil. Podíamos ter ganho o troféu. Defrontámos uma grande equipa, sabíamos que ia puxar bastante por nós e estávamos preparados, no entanto, foram mais felizes que nós. Estes jovens, e todos os que nos acompanharam até aqui, merecem uma palavra de apreço. É mérito e fruto do trabalho de muita gente. Não é fácil chegar aqui. Estivemos muito próximo… estes jovens são o futuro. Somos uma família em todos os momentos. A vitamina extra vinda com a presença do presidente Luís Filipe Vieira e do treinador Rui Vitória, valida o nosso trabalho. Estamos muitos orgulhosos. Queríamos oferecer este título a todos os benfiquistas, ao Clube, não o conseguimos, mas estamos orgulhosos pelo trajeto”, João Tralhão, treinador
“Foi um jogo equilibrado, na 2.ª parte o Salzburgo fez valer a sua maior frescura física e a capacidade física dos jogadores e nós não conseguimos transpor nos segundos 45 minutos o que fizemos na 1.ª parte. Sabíamos que íamos encontrar uma equipa muito agressiva e pressionante… e meteram a carne toda no assador, como se costuma dizer no Futebol. Estamos tristes porque queríamos muito levar o título para o Museu Benfica Cosme Damião. Mas estivemos duas vezes presentes na Final Four, em quatro edições, e vamos com certeza voltar mais vezes. Com este talento, o futuro do Clube está assegurado. As finais são para ganhar, ma servem também para crescer e evoluir no Futebol Formação. Vai ser muito útil para estes jovens. É o início da carreira deles e não fim. Estamos a trabalhar para que tenham muitos títulos e vitórias e o futuro está assegurado. Vamos regressar aqui, não há duas sem três, e isto é muito importante para a marca Benfica”, Nuno Gomes, diretor geral do Caixa Futebol Campus
Caminho até à final...
No caminho até à final, o Benfica mediu forças com o Dínamo Kiev, Nápoles e Besiktas no grupo B. Passou no 2.º lugar e disputou o play-off com os dinamarqueses do Midtjylland, que eliminou nas grandes penalidades após 1-1 no fim do tempo regulamentar. Seguiu-se o PSV nos oitavos de final, igualmente eliminado nas grandes penalidades após empate a uma bola. Nos quartos de final, as águias derrotaram, em Moscovo, o CSKA por 0-2.
O Benfica confirmava assim a presença na final four de Nyon. Na meia-final bateu o Real Madrid por 2-4.
O Red Bull Salzburg entrou em prova no grupo dos 32 clubes que foram campeões de Juniores no respetivo país. Não disputou a fase de grupos, mas jogou duas eliminatórias, deixando pelo caminho as equipas do Vardar e do Kairat. No play-off bateu o Manchester City nas grandes penalidades. Nos oitavos de final goleou o PSG por 5-0 e nos quartos de final bateu o Atlético de Madrid por 2-1.
Chagava a final four de Nyon e os austríacos apanhavam pela frente o Barcelona, vencedor da 1.ª edição da UEFA Youth League. O Red Bull Salzburg ganhou por 1-2 e marcou encontro na final com o Benfica.

Ler Mais

CATEGORIA SL Benfica B-FC Porto B, 2-1

A equipa B do Sport Lisboa e Benfica venceu, este domingo, o FC Porto B por 2-1, no Caixa Futebol Campus, em jogo da 38.ª jornada da Segunda Liga.
Para este jogo, Hélder Cristóvão apresentou uma ficha de jogo só com 15 futebolistas, fruto de várias ausências. 10 deles estão a ajudar os Juniores na UEFA Youth League; três estão castigados (Saponjic, Pedro Rodrigues e Francisco Ferreira) e Yuri Ribeiro está lesionado.
Destaque para o regresso de Gonçalo Rodrigues aos convocados, bem como Igor Rocha (fora chamado com o Fafe). Com muitas limitações, mas imbuídas num espírito de vitória, as águias fizeram um jogo fantástico.
Não obstante, o FC Porto B marcou primeiro. Aos seis minutos, Galeno inaugurou o marcador. A partir daí só deu Benfica B. Zidane primeiro e Luquinhas em três ocasiões estiveram perto do golo, mas Gudiño evitou sempre o empate.
Uma contrariedade nunca vem só, e no final da primeira parte, Romário saiu lesionado e deu o seu lugar a Tiago Dias. No reatamento foi Pedro Amaral a sair tocado. Entrou para o seu lugar Gonçalo Rodrigues. Minutos depois, aos 55’, Heriberto, de livre direto, fez o empate a uma bola no Seixal.
Depois do golo do empate, o FC Porto B pôs André Ferreira à prova com dois remates perigosos. Os da casa voltaram a subir na partida com transições venenosas que punham a defensiva azul e branca em sentido. O tento da reviravolta aconteceu aos 82 minutos. Luquinhas rematou para defesa de Gudiño. No seguimento do lance há grande penalidade a favor do Benfica B por mão na área. Na marca dos nove metros, Heriberto bisou e fez o 2-1.
Antes do final da partida, Chidodzie foi expulso por acumulação de cartões amarelos. Com este triunfo, o Benfica B passa a somar 59 pontos, está em 4.º lugar e é a melhor equipa B da Ledman LigaPro.
Heriberto e Hélder Cristóvão felizes pelo triunfo
Heriberto bisou na partida e no final elogiou os companheiros, enaltecendo o espírito de superação do Benfica B face a tantas ausências. “A equipa esteve bem, reagimos ao golo sofrido. Demonstrámos em campo que todos estão preparados para jogar e fazer um grande jogo como fizemos”, referiu, em declarações à BTV.
O treinador Hélder Cristóvão seguiu pelo mesmo diapasão de Heriberto e também elevou o feito conseguido pelos jogadores no clássico das equipas B. “A vitória é justa. Estamos de parabéns. Os jogadores foram competentes. Tivemos muitas ausências. O golo do FC Porto B libertou-nos. A nossa camisola pesa muito e os jogadores foram sérios no que fizeram. Todos os futebolistas são válidos e isso ficou provado neste jogo”, analisou.

Ler Mais

BILHETES PARA A FINAL DA TAÇA A 9 DE MAIO Jogo com o V. Guimarães é a 28 de maio

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou que os bilhetes para a final da Taça de Portugal, entre o Sport Lisboa e Benfica e o V. Guimarães, estarão à venda a partir do dia 9 de maio.
Os ingressos serão comercializados de acordo com as regras estabelecidas entre os clubes finalistas e a FPF, com os seguintes preços: 35€ (categoria 1), 27,5€ (categoria 2) e 20€ (categoria 3).
O SL Benfica informa que oportunamente divulgará as condições de aquisição de bilhetes aos Benfiquistas.
O jogo entre o Benfica e o V. Guimarães terá lugar às 17h15 do dia 28 de maio, no Estádio Nacional, no Jamor.
Ler Mais

“ESTAMOS VIVOS E PRONTOS PARA A LUTA” Sporting CP - SL Benfica, 1-1

Noite de sábado marcada pelo dérbi da 30.ª jornada da Liga NOS disputado no estádio José Alvalade. Sporting CP e SL Benfica empataram a uma bola, com golos de Adrien (gp) e Lindelof, de livre.
Partida intensa, “quentinha”, disputada nos limites… com o Tricampeão, no momento em que ficam a faltar quatro finais, a liderar a classificação geral, agora com 72 pontos.
“Foi um desafio muito grande às nossas capacidades enquanto líderes. Começámos o jogo praticamente a perder mas depois fomos a melhor equipa em campo, sempre à procura do golo, da bola, o que intensificou o ritmo da partida. Podíamos ter feito o golo mais cedo e fomos a melhor equipa durante os 90 minutos”, começou por dizer Rui Vitória, em declarações proferidas na flash interview.
Olhando para o desafio…
“Fizemos uma partida muito boa taticamente, faltou-nos objetividade para finalizar na primeira parte, mas gostei do comportamento em geral. Temos uma equipa unida, todos estão ligados e prontos, todos merecem jogar. Se o Jonas estivesse disponível, é evidente que jogava. Não jogou o melhor jogador das duas últimas temporadas, mas mostrámos porque somos primeiros, com um lote de jogadores que quer sempre vencer e de qualidade”, explicou o treinador.
Seguem-se mais quatro finais.
“Viemos para ganhar e mostrámos isso! Viemos cá claramente com esse propósito. Não ganhámos e, não ganhando, evita-se perder. Estamos vivos e prontos para a luta e temos muita saúde até ao final. Estamos prontos! Nunca se sabe qual o jogo que define um campeonato, há ainda quatro jogos duros e temos de estar atentos e preparados”, concluiu Rui Vitória.
A próxima jornada disputa-se sábado, às 18h15, no Estádio da Luz, com o SL Benfica a receber a formação do Estoril.
Ler Mais

“HÁ QUE REPENSAR O QUE SE ANDA A FAZER NO FUTEBOL” Após empate em Alvalade

Sporting CP e SL Benfica empataram esta noite de sábado no dérbi da 30.ª jornada da Liga NOS, um empate com sabor agridoce, mas que permite ao Tricampeão sair de Alvalade na liderança da classificação, agora com 72 pontos.
No final do desafio, Luís Filipe Vieira marcou presença na Zona Mista, tendo respondido às perguntas dos jornalistas presentes. O líder máximo do Clube deixou uma mensagem de serenidade, apelando ao bom senso de todos os intervenientes.
Mas, primeiro, o presidente fez questão de enaltecer o apoio da Família Benfiquista presente no dérbi, que, segundo o mesmo teve uma arbitragem “infeliz”, e deixou um alerta, refreando possíveis euforias antes de tempo.
“Quero agradecer à massa associativa que hoje esteve presente em Alvalade pelo apoio que deu à nossa equipa. Deixo aqui também um elogio à postura da nossa equipa ao longo dos 90 minutos. Por mágoa não ganhámos. Foi um empate com sabor a derrota porque tivemos uma postura para vencer, empatámos, não era o que queríamos. Quero deixar um aviso a toda a massa associativa que ainda não ganhámos nada. O nosso objetivo é o Tetra, mas temos os pés bem assentes no chão, temos quatro finais muito difíceis e só seremos Tetra quando for matematicamente impossível de não o ser. Faltam quatro finais, não embandeirem em arco! Nesta casa aprendemos as lições depressa, pois tivemos exemplos no passado em que nos demos mal por festejar antes do tempo. Agora é preparar o próximo jogo, respeitando o adversário, mas queremos ganhar e é esse o pensamento até ao fim", começou por dizer Luís Filipe Vieira.
Questionado relativamente à morte de um homem nas imediações do Estádio da Luz na madrugada de sexta-feira para sábado, o presidente foi taxativo.
“É de lastimar profundamente. A minha posição e discurso têm sido de ficar em silêncio. Mas quem tem estado atento a programas de televisão e entrevistas saberia que, mais minuto menos minuto, dia menos dia, podia haver uma desgraça destas. Há que repensar o que se anda a fazer no Futebol. Não podem mandar as pedras e esconder as mãos”, afirmou.
“Há 15/16 aos anos tivemos no nosso Clube um demagogo, um populista, um mentiroso compulsivo que arrastou a instituição para uma situação dramática. Soubemos unir esta instituição e levá-la até onde está agora, mas para isso foi preciso muito trabalho. Quando recebi essa carta lembrei-me muito disso. Tivemos a humildade de receber essa carta, achando que iam retratar-se do que tem acontecido nos últimos quatro anos. Infelizmente, vieram acusar-nos não sei de quê. Demos a resposta, com serenidade, essa mesma serenidade com que entrámos aqui em Alvalade. Não há mais a adiantar”, explicou.
“É preciso pensar um pouco. Houve um homem que morreu atropelado perto do Estádio da Luz. Entregámos à polícia todas as imagens, não trabalhadas e com som, onde é fácil identificar quem são as pessoas. Agora, há uma pergunta a fazer: Sendo adeptos do Sporting, o que estavam a fazer às três da manhã na rotunda Cosme Damião? Seria para tirar fotografias? Não sei! Agora, a provocação gera violência. Quem tem contribuído para isso? Quem incendiou o futebol português nos últimos quatro anos? Quem disse publicamente que ia confrontar o Benfica? Não venham culpar os dirigentes do Benfica. Não sou refém de ninguém, só dos benfiquistas e das promessas que lhes tenho feito. Mas tenho cumprido sempre e vou continuar a cumprir. Vocês também têm de ser parte da solução para resolver o problema! Reflitam”, concluiu o presidente do Sport Lisboa e Benfica dirigindo-se aos jornalistas, e apelando à reflexão de todos os agentes que intervêm no Futebol.

Ler Mais
Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2017